PORQUINHO DA ÍNDIA - ALIMENTAÇÃO

 

 Informações sobre como alimentar de maneira correta o Porquinho da Índia.  

Você realmente sabe o que o porquinho da índia come?

 A alimentação ideal para porquinhos da índia é composta de ração, verduras, legumes, frutas e gramíneas (feno/capim/alfafa). Além de água fresca e de boa qualidade à vontade.

 

 

A Dieta Ideal para o Porquinho:

  1 a 2 colheres de sopa de ração por dia por porquinho.

  Feno à vontade.

  Água fresca à vontade.

  Verduras e/ou capim diariamente

  Frutas 2 vezes por semana.

  Legumes 3 a 4 vezes por semana.

  Alfafa 1 vez por semana para adultos ou 2 vezes por semana para fêmeas gestantes ou amamentando e filhotes. 

  Vitamina C oral.

Os porquinhos da índia são muito sensíveis a problemas nutricionais. E ao contrário do que muitos imaginam esses animais precisam de uma dieta muito variada.

Alimentam-se durante todo dia em pequenas quantidades porque seu sistema digestivo está preparado para funcionar continuamente. Por isso ficar sem receber alimento durante muitas horas é prejudicial ao porquinho.

Alguns porquinhos podem ter até hipoglicemia (pouco açúcar no sangue) se ficarem muitas horas sem se alimentar.

Grande parte dos problemas de saúde dos porquinhos da índia está relacionada com a alimentação porque no caso dos porquinhos da índia o alimento, além de ter o papel de nutrir, também desgasta os dentes evitando problemas de má oclusão.

A flora intestinal desses bichinhos tem grande capacidade de digerir celulose. Por isso a dieta deles precisa ser rica nessa substância que está presente em alimentos como feno e capim. A deficiência de celulose na dieta pode causar problemas no funcionamento do intestino como a estase intestinal que é a parada dos movimentos naturais (peristaltismo) do intestino e que se não tratada com urgência pode levar a morte.

Os porquinhos devem receber verduras diariamente e a vontade. Já as frutas devem ser oferecidas em menor quantidade, 2 vezes por semana.

O açúcar das frutas em excesso causa fermentação e diminui o pH do estomago, atrapalhando a absorção de nutrientes. A fermentação pode causar gases e dores abdominais fazendo com que o porquinho fique sem se alimentar.

Frutas secas também podem ser oferecidas aos porquinhos.

Porquinhos são muito seletivos. Ofereça grande variedade de alimentos quando ainda são filhotes, inclusive marcas diferentes de ração. Essa é uma forma de garantir que quando forem adultos aceitarão todos os alimentos que já experimentaram. Porquinhos criados recebendo pouca variedade de verduras ou apenas uma marca de ração costumam rejeitar novos alimentos.

Sempre que oferecer um novo alimento, ofereça separado dos outros, principalmente á filhotes, pois assim, se o porquinho tiver qualquer reação, como diarréia, alergia ou dor abdominal, você irá saber qual alimento causou isso.

O segredo de uma boa alimentação, além de seguir a dieta indicada, é oferecer verduras e legumes variados para que o bichinho receba todos os tipos de nutrientes.

Rações

O ideal são rações específicas para porquinho, mas infelizmente temos poucas opções no Brasil e dependendo da região é muito difícil encontrá-las. A segunda opção são rações de coelho. Nenhuma ração de coelho tem a quantidade de vitamina C necessária para os porquinhos, por isso é importante a suplementação oral e a oferta de frutas e verduras.

Na dieta do porquinho da índia a ração é apenas um complemento. Por isso não deve ser oferecida a vontade. Alguns porquinhos comem mais ração do que deveriam e acabam deixando de consumir outros alimentos mais importantes em sua dieta como feno e verduras.

Porquinhos que comem só ração ou uma quantidade de ração maior do que deveriam também podem apresentar problemas dentários devido ao desgaste errado ou insuficiente dos dentes.

 

Rações a granel:  Além de ficarem expostas, o que faz com que percam a crocância e os nutrientes  e se deteriorem mais rápido, não ha garantia de higiene ao serem re embaladas, de data de validade e de que não foram contaminadas com insetos, produtos químicos ou até mesmo ratos. Compre apenas rações que estejam na embalagem original lacrada. Sempre verifique a data de validade e se o pacote não tem rasgos ou furos.

Nunca dê ração de Hamster ao porquinho. As necessidades nutricionais de cada espécie são muito diferentes e o porquinho vai apresentar sinais de má nutrição podendo levar a morte.

Feno, Capim e Alfafa

feno é uma mistura de plantas ceifadas e secas, geralmente gramíneas e leguminosas. A desidratação retira a água permitindo sua armazenagem por muito tempo sem se estragar, mas mantém o valor nutritivo. É a base da alimentação. Deve ser oferecido a vontade. Além de alimentar, tem a função de auxiliar no desgaste dos dentes, ocupar os porquinhos e reduzir o stress.

O feno também pode ser misturado com ervas ou frutas secas.

capim também tem ótimo valor, mas é oferecido em sua forma natural, sem ser desidratado. Deve ser sempre oferecido fresco. É muito importante conhecer a origem do capim para evitar que esteja contaminado com produtos tóxicos. Higienizar o capim antes de oferecer aos porquinhos.

É muito importante fornecer feno e/ou capim para os porquinhos. É uma importante fonte de fibras e auxilia no desgaste natural dos dentes. Não existe restrição para o fornecimento de feno ou capim aos porquinhos.

O capim também pode ser oferecido em potes onde só é necessário adicionar água para que ele cresça.

O feno de Alfafa também é ótima fonte de fibras, mas por ter alto teor de cálcio não pode ser oferecida a vontade, pois pode causar cálculos urinários.  Pode ser oferecido uma vez por semana, como petisco para animais adultos e 2 vezes por semana para gestantes, mães amamentando e filhotes.  A alfafa pode ser encontrada em cubo ou em rama.

Alfafa em rama

Alfafa em Cubo

 

Aqui você encontra feno a venda: http://www.roedoresecoelhos.loja2.com.br

 

 

Ervas

As ervas podem ser oferecidas misturadas ao feno ou puras. Os porquinhos gostam muito e elas trazem diversos benefícios a eles.

Cidreira: calmante

Macela: digestiva

Camomila: calmante e antiinflamatório

Melissa: calmante

Calêndula: cicatrizante e relaxante

Hortelã: estimulante, rica em vitaminas A, B e C, ferro, cálcio, fósforo e potássio.

 Jasmim: relaxante

Erva-doce: Diminui flatulência e secreções em pulmões.

Coentro: reduz flatulências e cólicas intestinais.

Dente de leão: diurética, antiinflamatória e estimula o apetite.

Tomilho: reduz as secreções pulmonares e cólicas intestinais, melhora a digestão, auxilia no tratamento de infecções urinárias, é antiinflamatório e antifúngico

Manjericão: bactericida, antifúngico, reduz cólicas intestinais e é antitérmico.

                                 

A Importância da Vitamina C para os Porquinhos da Índia

Os porquinhos da índia não sintetizam a vitamina C e por isso precisam retirá-la dos alimentos.

A deficiência de vitamina C causa escorbuto que gera inúmeros problemas de saúde e pode levar a morte.

A necessidade diária de vitamina C de um porquinho é de 10 a 30 mg/kg.

Para que a necessidade dessa vitamina seja suprida é importante oferecer vegetais e frutas ricos em vitamina C.

Além disso, é possível dar a vitamina diretamente ao porquinho.  Pode-se utilizar vitamina C especifica para animais ou encontradas em farmácias.  A vitamina tem que ser dada diretamente na boca do bichinho e não colocada na água. O uso de uma seringa de 1 ml é uma forma pratica de dar as gotas da vitamina na boca do porquinho. Cada gota contém 10 miligramas de vitamina C.

Utilizar apenas vitamina C pura.  Existem vários suplementos vitamínicos para roedores, mas como além da vitamina C, possuem varias outras vitaminas, se dados com muita freqüência podem causar problemas por excesso de vitaminas.

Não se deve colocar a vitamina na água porque ela se degrada rapidamente em contato com a luz e não é possível saber quando e nem quanta água o porquinho irá beber.

Oferecer a vitamina não significa que se possam suspender os vegetais e frutas da alimentação.

 

Alimentos Proibidos para Porquinhos

Feijão (tóxico)

Figo (tóxico)

Batata ou rama de batata (tóxica por ser rica em ácido oxálico)

Salsinha (pode causar aborto)

Alface (pode causar diarréia e é pobre em nutrientes)

Semente de girassol (muito gordurosa e pode causar ferimentos na boca e asfixia)

Amendoim (pode estar infectado por um fungo que ataca o amendoim e produz aflotoxinas que são altamente tóxicas.)

Leite e derivados (depois da desmama não é mais necessário dar leite. Pode causar diarréia)

Carne, ovos e derivados (Porquinhos são herbívoros. Nunca alimentar com produto origem animal)

Alimentos industrializados, doces e frituras (podem ser fatais para o porquinho)

 

 

Frutas, verduras e legumes ideais para Porquinhos da índia

Abacaxi Abacate Ameixa Amora
Abobrinha Agrião Banana Berinjela
Laranja Maçã Manga Mamão
Beterraba e folhas Couve Manteiga Cenoura e rama Pimenta Cambuci
Morango Pêra Uva passa Tangerina
Pepino Tomate Jiló Caqui
Martelo Mostarda Escarola Pimentão
Almeirão Acelga Abobora Jabuticaba
Chuchu Brócolis Coco Rabanete
Melão Melancia Maracujá Repolho
Chicória Acerola Espinafre Cranberry
Toranja Rúcula Milho Goiaba
Framboesa Uva Cajá Couve flor

 

 

Cuidados com os Alimentos

Ofereça sempre alimentos frescos e de boa qualidade.

Se possível, dê preferência a alimentos orgânicos.

Não deixe os alimentos durante muito tempo no alojamento para que não estraguem.  É melhor oferecer quantidades menores, mas com maior freqüência.

Os alimentos podem ser guardados em geladeira, mas não devem ser oferecidos gelados para não prejudicar a digestão.

Higienize muito bem os alimentos antes de oferecer aos porquinhos.

 

Aprenda como higienizar os alimentos de forma correta:http://roedoresecoelhos.com.br/porquinho-da-india-higiene/

 

 

Dra. Anna Carolina G. Neves 

Médica Veterinária

   CRMV 13614

 É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DOS ARTIGOS E IMAGENS PRESENTES NESSE SITE  SEM AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO AUTOR.

Siga a Roedores e Coelhos nas mídias sociais

Vamos compartilhar informações e nosso amor por mini pets!