GERBIL - ORIGEM

Ainda não tão conhecidos como outros roedores, os Gerbils ou Esquilos da Mongólia são ótimos pets.

Ativos, curiosos e ótimos escavadores, esses bichinhos são muito limpos e não apresentam odor forte na urina e nas fezes.

Gostam de viver com companheiros do mesmo sexo ou até grupos, desde que acostumados desde filhotes.

E tem uma particularidade interessante, ao perceberem o perigo ou algo diferente, ficam em pé sobre as patas traseiras para observar melhor.

A ORIGEM

São também chamados de Gerbo, Esquilo da Mongólia e Gerbilo

Gerbil selvagem

Os gerbils selvagens são encontrados nos grandes desertos da Mongólia e Nordeste da China. Áreas áridas, com escassez de vegetação e de chuvas e com grandes variações térmicas.

Devido a isso são adaptados a alimentação com pouca proteína e mais seca que outros roedores.

Para se protegerem de predadores e das grandes diferenças térmicas que ocorrem nas áreas desérticas, os gerbils cavam túneis formando longas galerias onde passam grande parte de suas vidas.

Os primeiros gerbils foram levados da Mongólia à Europa no meio do século XIX.

Inicialmente foram expostos em zoológicos e mantidos em laboratórios.

E alguns chegaram às mãos de pessoas que fizeram uma seleção genética gerando novas cores. A cor original dos exemplares selvagens é o agouti castanho.

Mas foi na década de 1980 que esses bichinhos se tornaram realmente populares como pets na Europa e EUA e agora tem se tornado também muito populares no Brasil.

 

 

Siga a Roedores e Coelhos nas mídias sociais

Vamos compartilhar informações e nosso amor por mini pets!