GERBIL - ALIMENTAÇÃO

Alimentação 

Os gerbils tem necessidades nutricionais diferentes de outros roedores o que torna a alimentação deles um pouco mais difícil de manter balanceada.

Ainda existem poucas rações nacionais especificas para esses bichinhos então é preciso oferecer, além de ração, outros alimentos complementares.

A alimentação do gerbil deve ter pelo menos 18% de proteínas, mas apenas 5% de gordura ou menos.

E isso faz com que a maioria dos alimentos para roedores, como hamsters, nem sempreo sejam ideais para eles.

 

 Ração

Deve ser à base da alimentação dos gerbils. Mas como há poucas rações realmente especifica para eles é preciso verificar a melhor opção entre as encontradas em sua região. Algumas rações peletizadas para ratos também contem a composição  um pouco mais adequada em relação a proteínas e gorduras.

E como só a ração não é suficiente existem outros alimentos que também devem ser oferecidos.

 

Mistura de grãos e cereais  

Pode ser oferecida como 10 a 15% da alimentação do esquilo da Mongólia. Mas é preciso tomar cuidado com a quantidade de gordura. Alguns grãos como a semente de girassol são muito ricos em gordura e devem ser oferecidos em pouca quantidade.

O melhor são as misturas de grãos desenvolvidas especialmente para os gerbils, mas caso precise optar pela mistura para hamsters, retire o milho parte dos grãos mais gordurosos como o girassol.

Observe sempre a qualidade dos componentes das misturas para hamsters. Muitos tem componentes de baixa qualidade e devem ser evitados.

Outros alimentos

Devem ser dados em pouca quantidade. Apenas 5 a 10 % da alimentação total.

Precisam ser introduzidos aos poucos na alimentação para evitar problemas gastrointestinais.

 

Vegetais

 Devem ser oferecidos em pouca quantidade, mas em grande variedade para ajudar a suprir todas as necessidades nutricionais.

A quantidade média para 1 gerbil pode ser de uma colher de chá de vegetais, 3 vezes por semana.

Verduras: As verduras verdes escuras são ótimas fontes de nutriente. Ofereça sempre cruas e bem higienizadas.

Ervas: São muito apreciadas por esses bichinhos e alguma podem até ser cultivadas e casa para serem fornecidas sem agrotóxicos.

Legumes: A maioria dos gerbils adora legumes e come antes dos outros vegetais.

Frutas Ofereça em pequenas quantidades para evitar que o açúcar presente nas frutas fermente no estomago causando mal estar.

Evite frutas ácidas que podem causar irritações na boca.

Feno e alfafa

Além de usados na alimentação, alguns gerbils gostam de fazer ninhos com eles. O feno pode ser oferecido à vontade, já a alfafa contem maior quantidade de cálcio e deve ser oferecida apenas 1 ou 2 vezes por semana.

Biscoito de proteína vegetal: Dados como petisco.

Proteína animal: O que muitos não sabem é que a proteína animal faz parte da dieta dos gerbils em pequenas quantidades e normalmente são dadas semanalmente ou a cada 10 ou 15 dias. Opções de proteína animal: queijo branco magro, insetos desidratados, larvas de tenébrio (espécie de besouro), ovo cozido, insetos desidratados.

Larvas de tenébrio

 

Cuidados com os Alimentos

Ofereça sempre os alimentos em temperatura ambiente.

Introduza gradativamente novos alimentos na dieta para evitar problemas gastrointestinais.

Como costumam escavar e esconder os alimentos é preciso verificar diariamente se não existem sobras de alimento escondidos que podem estragar e retira-los

 

Dra. Anna Carolina G. Neves 

Médica Veterinária

   CRMV 13614

 É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DOS ARTIGOS E IMAGENS PRESENTES NESSE SITE  SEM AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO AUTOR.

 

Siga a Roedores e Coelhos nas mídias sociais

Vamos compartilhar informações e nosso amor por mini pets!