COELHOS

 

Aqui você encontra informações sobre como cuidar melhor do seu coelho e proporcionar a ele uma vida saudável e feliz.
ORIGEM
ALIMENTAÇÃO
ALOJAMENTO
BEM ESTAR
CURIOSIDADES
SAÚDE

 

O QUE É UM COELHO

 Os coelhos, que antes eram animais criados para fornecer carne e pele, se tornaram ótimos pets.

Além de muito fofos, são animais mais inteligentes do que muitos imaginam e se apegam muito as pessoas, inclusive chegando a demonstrar sinais de ciúmes.

 

 São ótimos animais de estimação,

inclusive para apartamentos.

 E tem uma expectativa de vida de 5 a 8 anos.

Não é raro serem vistos no colo dos tutores aproveitando um carinho e até dormindo tranquilamente.

São silenciosos e preocupados com a higiene.

Com o surgimento das raças mini os coelhos se tornaram ainda mais populares como pets. O menor tamanho e peso facilitou a manutenção desses bichinhos em ambientes domésticos.

Inclusive podem aprender a fazer as necessidades apenas na gaiola ou em um local determinado, facilitando a higiene e permitindo que fiquem soltos pela casa sob supervisão.

A HISTÓRIA DO COELHO

A origem dos coelhos é muito discutida. Enquanto alguns estudiosos afirmar que eles são originários do sul da África e que migraram para o continente europeu, outros defendem a teoria que eles tiveram origem no sul da Europa, principalmente na península ibérica.

Mas existe a certeza de que os coelhos criados hoje descendem do coelho selvagem (Lepus cuniculus)

Os coelhos são criados há mais de 2 mil anos em função de sua carne e pele.

Moeda Romana de aproximadamente 134 A.C

 

 Também não existem documentos que relatem o inicio da domesticação, mas os romanos costumavam criar os coelhos em liberdade em grandes parques.

 

Mosaico Romano retratando um coelho

 

Na idade média existem registros de coelhos sendo domesticados nos conventos, onde os monges europeus da Idade Média foram os primeiros a criarem esses bichinhos em gaiolas e outros alojamentos inicialmente na Inglaterra, França e Bélgica e logo se espalharam por toda Europa.

Nos E.U.A e Canadá a criação de coelhos ainda levou muito tempo para ser introduzida. E no Brasil iniciou de forma oficial em 1957, no Estado de São Paulo. Com o passar do tempo a criação para carne cresceu cada vez mais.

Mas felizmente os coelhos também passaram a ser criados como pets a partir do século XIX

Coelho passeando na França com coleira na década de 1930

 

 Características como sua docilidade, aspecto, comportamento silencioso e capacidade de interagir com as pessoas fez com que esses bichinhos se tornassem ótimos animais de estimação.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Praesent tincidunt aliquam libero, porttitor ultricies dolor fringilla ut. Integer non porttitor sem. Vivamus venenatis, dui ac semper pellentesque, erat ex fringilla justo, sit amet viverra odio arcu nec justo. Nullam sit amet posuere magna.

 

LAGOMORFO?

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Praesent tincidunt aliquam libero, porttitor ultricies dolor fringilla ut. Integer non porttitor sem. Vivamus venenatis, dui ac semper pellentesque, erat ex fringilla justo, sit amet viverra odio arcu nec justo. Nullam sit amet posuere magna.

Siga a Roedores e Coelhos nas mídias sociais

Vamos compartilhar informações e nosso amor por mini pets!

Os coelhos, que antes eram animais criados para fornecer carne e pele, se tornaram ótimos pets.

Além de muito fofos, são animais mais inteligentes do que muitos imaginam e se apegam muito as pessoas, inclusive chegando a demonstrar sinais de ciúmes.

Não é raro serem vistos no colo dos tutores aproveitando um carinho e até dormindo tranquilamente.

São silenciosos e preocupados com a higiene.

Com o surgimento das raças mini os coelhos se tornaram ainda mais populares como pets. O menor tamanho e peso facilitou a manutenção desses bichinhos em ambientes domésticos.

Inclusive podem aprender a fazer as necessidades apenas na gaiola ou em um local determinado, facilitando a higiene e permitindo que fiquem soltos pela casa sob supervisão.

Por uma questão de ética não fazemos diagnósticos por fotos, e-mails ou descrições e não indicamos tratamentos. 

 Para diagnósticos, exames, check-ups e tratamentos leve seu porquinho a um veterinário.

 

 Código de Ética do Médico Veterinário,  Capitulo IV, Art. 13,parágrafo XV:

É vetado ao médico veterinário receitar sem prévio exame clínico do paciente.

Siga a Roedores e Coelhos nas mídias sociais

Vamos compartilhar informações e nosso amor por mini pets!