abril 7, 2017

CHINCHILA-BEM ESTAR

Roda de exercícios para Chinchilas. Usar ou Não?

Essa é uma duvida comum e existe muita controvérsia sobre o assunto, principalmente no Brasil.

É comum que ao comprar a chinchila,  a pessoa seja orientada a levar junto com o enxoval a roda de exercícios.

E também não é raro ver comentários como: Em sites europeus as rodas são indicadas.

Então por que existe tanta controvérsia e até veterinários brasileiros que não indicam o uso das rodas?

 Ao contrario do que muitos imaginam a maior preocupação no caso das chinchilas brasileiras não é o arqueamento da coluna que até pode levar a problemas futuros e sim o superaquecimento.

É preciso lembrar que as chinchilas tem a pelagem extremamente densa e não possuem glândulas sudoríparas, ou seja, não transpiram e podem superaquecer rapidamente.

E por que alguns sites europeus indicam o uso das rodas de exercícios?

Simplesmente porque o clima europeu é diferente do clima brasileiro.

O risco de uma chinchila superaquecer ao correr em uma temperatura de 12 graus é infinitamente menor do que ao correr a uma temperatura de 30 graus.

Se existem inúmeros relatos de chinchilas que superaqueceram apenas por correrem demais até dentro do alojamento, será que vale a pena arriscar que o bichinho possa superaquecer correndo em uma roda?

 

 

As Chinchilas e o perigo do calor

O calor mata muitas chinchilas todos os anos.

Por isso, antes de ter um desses bichinhos é importante estar preparado e providenciar tudo que ele precisa como uma gaiola adequada, boa alimentação e acessórios para evitar o calor excessivo.

Não são raros os casos de morte simplesmente porque o tutor não estava preparado para um dia mais quente, não sabia como proteger sua chinchila do calor ou achou que nem estava tão quente assim.

O que pode não ser tão quente para nós pode ser fatal para uma chinchila.

E as chinchilas não podem tomar banho com água para se refrescar.

A temperatura ideal para as chinchilas é entre 10 e 26 graus, mas elas conseguem suportar temperaturas até 28 graus. Acima disso o calor já se torna perigoso para elas.

Se não tiver certeza que pode manter a chinchila segura e confortável mesmo em dias mais quentes, é melhor repensar e não comprar ou adotar esse roedor.

As chinchilas não transpiram e tem a pelagem muito densa, por isso tem dificuldades de baixar a temperatura corporal.

 

Mas como manter a chinchila segura e confortável no calor?

Existem varias formas de proteger a chinchila do calor.

Mantendo a temperatura ambiente agradável:

Ar condicionado: É uma ótima opção porque mantém o ar resfriado e seco, o que é ideal para as chinchilas. O melhor é manter a temperatura em torno de 20 a 23 graus.

Ventilador: O ventilador vai servir para movimentar o ar impedindo que o ar quente fique parado, mas dependendo da temperatura no ambiente ele pode não ser suficiente para manter uma temperatura confortável e segura. É importante ter um termômetro para medir a temperatura do ambiente e evitar que o vento do ventilador fique direcionado diretamente para a chinchila.

Climatizador de Ar: É um meio termo entre o ar condicionado e o ventilador já que consegue diminuir em alguns graus a temperatura ambiente. Mas é preciso verificar se não está deixando o ambiente muito úmido para a chinchila e também não se deve colocar o vento direcionado para o bichinho.

 

Opções para serem utilizadas nos alojamentos?

Garrafa com água gelada: Uma opção simples é a colocação de uma garrafa pet cheia de água gelada e coberta por uma toalha ou meia velha. Assim a chinchila consegue refrescar o corpo sem ficar molhada.

Pedras frias: Outra opção bem comum é utilizar pedras de mármore ou granito e até uma peça de azulejo ou piso frio para que o bichinho deite e refresque o corpo.

Tocas climatizadas: Já existem a venda tocas para chinchila com espaço para colocação de uma placa de gelo químico no fundo. Dessa forma a toca mantém uma temperatura agradável para o roedor.

 

 

Tomando cuidado com o comportamento:

Em dias ou noites mais quentes evite que a chinchila se exercite e até que seja solta para correr e brincar.  Algumas chinchilas podem super aquecer ao brincar e correr em dias muito quentes.

 

Cuidados durante viagens de carro:

 Só viagem com a chinchila em carros com ar condicionado e nunca deixe o bichinho fechado no carro, mesmo que por poucos minutos.

Se ele for colocado em uma caixa de transporte verifique se a caixa é bem arejada e se a temperatura se mantém agradável dentro dela.

A gaiola ou a caixa de transporte deve ser sempre transportada no banco. No bagageiro existe o risco da ventilação não ser suficiente devido a bagagem ao redor.

 

 Saiba mais sobre sintomas de estresse calórico e como socorrer a chinchila: http://roedoresecoelhos.com.br/chinchila-saude/

 

 Enriquecimento Ambiental

 Você sabe o que é isso?

Enriquecimento ambiental é uma forma de tornar o ambiente do animal mais interessante, lúdico, agradável e interativo.

Dessa forma o bichinho fica feliz, interessado em seu ambiente e ocupado evitando que apresente problemas de comportamento ao ficar entediado, desocupado e sedentário.

Lembre-se que de nada adianta o alojamento ser bonito, seguro, limpo e confortável se ele for monótono para o morador.

A maioria das chinchilas passa a maior parte das suas vidas em seus alojamentos e por maior e melhor que seja o alojamento também é importante soltar o bichinho para se exercitar sob supervisão.

 

E como fazer o enriquecimento ambiental na gaiola das chinchilas?

Primeiro é preciso conhecer as características desses bichinhos e lembrar que são curiosos, gostam de pular e ficam ativos durante a noite.

Então faça o enriquecimento ambiental pensando nisso.

Coloque prateleiras para escaladas em diversas alturas do alojamento.

Coloque tocas como esconderijos

 Mude as tocas e prateleiras de lugar depois de algum tempo pra que o ambiente pareça diferente.

Coloque novos brinquedos e acessórios.

Faça brinquedos caseiros.

Espalhe petiscos durante a noite ou esconda os petiscos nas tocas, túneis  ou dentro de brinquedos.

Coloque porta-feno pra que as chinchilas se ocupem retirando o feno.

Também é possível colocar acessórios, brinquedos e esconder petiscos no ambiente onde a chinchila é solta para se exercitar. 

Dessa forma o bichinho irá se divertir e se manter ocupado investigando as novidades, procurando os petiscos e se exercitando

E não é preciso gastar muito para tornar o ambiente do bichinho mais interessante. Existem várias opçãos de brinquedos e acessórios que você mesmo pode fazer em casa.

 

Aqui vão alguns videos com dicas: